quinta-feira, 23 de maio de 2019

Isidório ganha o noticiário e é elogiado até pelo namorado de Fátima Bernardes

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Deputado federal baiano mais votado nas últimas eleições, Pastor Sargento Isidório (Avante) aos poucos tem usado a vitrine que o mandato no Congresso Nacional lhe dá para estender sua popularidade para todo o país.
Sua declaração na terça-feira (21) pedindo para conversar com o presidente Jair Bolsonaro (PSL), já que “para conversar com doido, só outro doido”, teve repercussão nacional e foi destaque em quase todos os grandes veículos de comunicação do país.
Da rádio Band News FM ao jornal Correio Braziliense, passando por sites de notícia como UOL e Carta Capital, Isidório viu sua brincadeira repercutir e alcançar milhares de pessoas.
Tanto que ganhou um elogio do namorado de Fátima Bernardes, o também deputado Túlio Gadelha (PDT), que usou as redes sociais para elogiar a fala do baiano. “Excelente!!!”.
Somente no vídeo publicado pela deputada Sâmia Bomfim (PSOL), o discurso de Isidório teve 401 mil visualizações em menos de 24 horas.

Acidentes no trânsito deixaram mais de 1,6 milhão feridos em 10 anos

Arquivo Agência Brasil
Os acidentes no trânsito deixaram mais de 1,6 milhão de brasileiros feridos nos últimos dez anos, e representaram um custo de cerca de R$ 2,9 bilhões para o Sistema Único de Saúde (SUS). As informações estão em levantamento divulgado hoje (23) pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) com base em dados do Ministério da Saúde. 

Os dados apurados revelam também que entre 2009 e 2018 houve um aumento de 33% na quantidade de internações por desastres nas ruas e estradas. 

Na avaliação do diretor da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) e membro da Câmara Técnica do CFM, Antônio Meira, esses acidentes já são considerados um dos principais problemas de saúde pública do país.

“Além de provocar sobrecarga no serviço com aumento da ocupação dos leitos hospitalares, causa um prejuízo irreparável quando ocorre uma morte ou uma pessoa fica incapacitada para suas atividades habituais, como também traz prejuízo enorme para a saúde pública”, detalha o diretor.

Internações

Câmara aprova o texto-base da MP da reforma administrativa

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
O plenário da Câmara dos Deputados aprovou no início da noite de hoje (22) o texto-base da Medida Provisória (MP) 870/19, que trata da reforma administrativa do governo do presidente Jair Bolsonaro que reduziu o número de ministérios de 29 para 22. Os deputados agora votam os destaques, que são sugestões de mudanças no texto.

Dois destaques já foram rejeitados: a recriação dos ministérios do Trabalho e da Cultura.

Os deputados aprovaram o texto da comissão mista que analisou a matéria. O texto transferiu de volta para o Ministério da Economia o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). O governo havia transferido o órgão para o Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O texto também transferiu novamente para o Ministério da Justiça e Segurança Pública a Fundação Nacional do Índio (Funai), que também ficará responsável pela demarcação de terras indígenas. Antes o órgão estava subordinado ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos e a demarcação era uma atribuição do Ministério da Agricultura.

Os deputados firmaram um acordo para evitar uma das polêmicas, a recriação de dois ministérios fundidos (Cidades e Integração Nacional). Pelo acordo, os deputados aprovaram a manutenção dos dois no Ministério do Desenvolvimento Regional, revertendo a mudança proposta pelo projeto de lei de conversão do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).
Por Luciano Nascimento - Repórter da Agência Brasil  Brasília

quarta-feira, 22 de maio de 2019

EX-Prefeito de Itagibá Marquinhos tem contas aprovadas com ressalvas



Marcos Barreto/foto divulgação
Na sessão desta quarta-feira (22/05), por quatro votos a três, o Tribunal de Contas dos Municípios deu provimento ao pedido de reconsideração formulado pelo ex-prefeito de Itagibá, Marcos Valério Barreto, emitindo um novo parecer, dessa vez pela aprovação com ressalvas das contas relativas ao exercício financeiro de 2016. O conselheiro Paolo Marconi apresentou voto divergente, pela manutenção do mérito das contas, que inicialmente foi pela rejeição, sendo acompanhado pelos conselheiros Fernando Vita e Francisco Netto. Os conselheiro José Alfredo Rocha Dias e Raimundo Moreira acompanharam o voto do relator, conselheiro Mário Negromonte. O presidente Plínio Carneiro Filho emitiu o voto de desempate, opinando pela aprovação com ressalvas.
No novo parecer, o relator também determinou a redução da multa, de R$15 mil para R$5 mil, bem como a redução do ressarcimento imputado de R$72.653,68, para R$1.265,57, em razão da regularização das irregularidades apontadas anteriormente.
O gestor comprovou, no pedido de reconsideração, que o montante aplicado na despesa total com pessoal foi reduzido de R$22.422.488,57 para R$21.670.586,54, e, por via de consequência, o percentual aplicado de 61,67% para 59,60% da Receita Corrente Líquida. Devido a crise econômica em que o país se encontrava no ano de 2016, a maioria dos conselheiros considerou que não deve ser aplicada a sanção máxima. Em relação ao não recolhimento de multas aplicadas pelo TCM, o gestor comprovou o pagamento dos débitos, sanando esta irregularidade.
A multa de R$21.600,00, em razão da ausência de recondução das despesas com pessoal aos limites impostos pela LRF, no entanto, foi mantida.
Cabe recurso da decisão.
Fonte: TCM-Ba

Varejão: Show de Ofertas Imperdíveis


Procuradoria de Contas vê ‘indevida alegação de sigilo’ sobre renúncias de receitas de Alckmin e França

Geraldo Alckmin
O procurador-geral do Ministério Público de Contas em exercício, Rafael Neubern Demarchi Costa, opinou pela reprovação dos gastos de 2018 do Governo do Estado de São Paulo durante as gestões de Geraldo Alckmin (PSDB) e Márcio França (PSB). O tucano governou o Estado até 6 de abril, quando renunciou para disputar a Presidência, e seu sucessor, de 6 de abril a 31 de dezembro. O documento vai ser analisado pelos conselheiros do Tribunal de Contas do Estado, que vão julgar as contas de Alckmin e França. 

Após a análise da Corte, a Assembleia Legislativa de São Paulo vai votar a decisão dos conselheiros. O Ministério Público apontou cinco motivos para a ‘emissão de parecer prévio desfavorável às contas em análise’. Segundo a Procuradoria, o Governo aplicou 25% da receita no ensino, em vez dos 30% exigidos pela Constituição do Estado, e usou ‘apenas 79,56% dos recursos do FUNDEB’. O relatório aponta também que uma ‘indevida alegação de sigilo’ prejudicou a análise das renúncias de receitas. 

O Ministério Público de Contas pede que seja aberto um processo específico para ‘apuração de responsabilidades’ sobre as ‘dificuldades narradas pela Diretoria de Contas do Governador para fiscalizar as renúncias de receitas’. “A apreciação feita pela Diretoria de Contas do Governador no presente exercício sobre as renúncias de receitas foi, mais uma vez, prejudicada pela invocação de sigilo por parte da Secretaria da Fazenda”, relatou o procurador-geral. 

“O Ministério Público de Contas considera de relevo novamente abordar a temática do alegado sigilo e da concessão de benefícios fiscais por Decreto do Executivo. Outra vez, tal qual expuséramos em 2017, há que se lamentar a postura da Administração Fazendária, de não cooperar plenamente em apoiar o controle externo no exercício de sua missão institucional. A Administração insiste em alegar sigilo de dados, com base em sua interpretação do artigo 198 do Código Tributário Nacional, para não fornecer informações a respeito das renúncias de receitas.”

Estadão

Raquel aponta ‘esquema criminoso’ no caso que envolve conselheiro do Tribunal de Contas da Paraíba

Foto: Wilton Júnior / Estadão
A procuradora-geral Raquel Dodge aponta ‘esquema criminoso’ no âmbito da Operação Xeque-Mate que, nesta quarta, 22, fez buscas no gabinete e na residência do conselheiro Fernando Catão, do Tribunal de Contas da Paraíba. Ao requerer ao Superior Tribunal de Justiça autorização para ‘fechar o cerco’ a Catão, a procuradora destacou que o ‘objetivo é reunir provas de um esquema criminoso envolvendo o pagamento de vantagens indevidas a agentes públicos com o propósito de impedir a construção de um shopping no estado’. 

As buscas estão sendo realizadas pela Polícia Federal desde muito cedo em João Pessoa e Campina Grande. Ao todo são cinco mandados. A Procuradoria alega que a investigação está ’em sigilo’, por isso não divulgou nomes dos alvos das medidas cautelares na quarta fase da Xeque-Mate. A Procuradoria informou que ‘nesta etapa não foi apresentado pedido de prisões’. 

Na manifestação em que embasou o pedido das cautelares, Raquel destacou ‘a existência de indícios de que um empresário, a quem interessava impedir a construção do shopping, atuou para que o Tribunal de Contas do Estado suspendesse licença ambiental que havia sido concedida pelo órgão estadual de fiscalização ao empreendimento’.

 De acordo com provas reunidas nas fases anteriores da operação, o empresário interessado na medida administrativa – impedir a construção – chegou a criar uma entidade supostamente de proteção ambiental para barrar a licença. A associação foi usada para apresentar denúncia ao Tribunal de Contas. Além das buscas e apreensões, o relator do caso no STJ acatou solicitação da procuradora-geral em relação a outras medidas cautelares, que também têm o propósito de recolher provas da atuação criminosa dos envolvidos.

Estadão

PRF apreende carregamento de cigarros paraguaios avaliados em R$ 1 mi

Foto: Divulgação / Polícia Rodoviária Federal
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, na tarde dessa terça-feira (21), um caminhão baú que transportava um carregamento com cerca de 275 mil cigarros paraguaios contrabandeados, na BR-116, altura da cidade de Jequié, sudoeste da Bahia.

De acordo com informações da PRF, os maços estavam distribuídos em 550 caixas escondidas no compartimento de carga do caminhão. A mercadoria, avaliada em mais de R$ 1 milhão, estava coberta por uma carga de repolho.

Ainda segundo a PRF, o motorista, de 37 anos, confessou que sabia dos produtos contrabandeados e que saiu de São Paulo com destino a Feira de Santana.

O caminhoneiro foi preso e levado para a delegacia local. A carga de cigarros foi apresentada na Secretaria da Receita Federal de Vitória da Conquista, na mesma região.

Apreensões em 2019

Neste ano, a PRF na Bahia já apreendeu mais de 1,7 milhão de maços de cigarro, cujo montante do produto é avaliado em R$ 8 milhões.

Estes números já superam a quantidade de 2018, quando foram apreendidos mais de 1,1 milhão de maços.

Prefeitura de Ipiaú beneficia ruas sem pavimentação do Bairro Dois de Dezembro

Fotos: Dircom/Prefeitura de Ipiaú
A Prefeitura Municipal de Ipiaú, através da Secretaria de Infraestrutura, prossegue com o trabalho de recuperação de ruas e avenidas que ainda não contam com pavimentação. Serviços de terraplanagem e cascalhamento, foram concluídos recentemente no Bairro Dois de Dezembro e adjacências. Todas as ruas e travessas da localidade foram beneficiadas, assim como áreas da Rua Guanambi e do Bairro Waldemar Sampaio. Os logradouros também foram contemplados com alargamento e rebaixamento.

Desde que a operação foi iniciada, no último dia 31 de março, mais de 30 vias públicas já foram recuperadas em diversas regiões da cidade. A determinação da Prefeita Maria das Graças é de que todas as ruas de Ipiaú que ainda estão sem pavimentação venham a ser beneficiadas. Muitas delas poderão ser contempladas com pavimentação de paralelepípedos caso o Projeto do Desenbahia que tramita na Câmara Municipal, seja aprovado em tempo hábil.

Os serviços prosseguem na Quarta Travessa da Ladeira da Embasa, assim como na Rua 19 de Abril (Bairro Euclides Neto) e na área das casas novas, no Bairro Santa Rita.  Paralelo às vias públicas, o Departamento de Terraplanagem da Secretaria de Infraestrutura vem desenvolvendo serviços nas áreas das creches que serão construídas na Avenida Getúlio Vargas e Loteamento Bom Jardim. O Secretário da Infraestrutura, Henrique Romano, não tem medido esforços para que o cronograma traçado seja cumprido na integra. (José Américo Castro/Dircom Prefeitura)

terça-feira, 21 de maio de 2019

Vereador vai a júri popular por assassinato de adolescente

Foto: Divulgação / Câmara de Vereadores de Jequié
O vereador de Jequié e policial militar licenciado Gilvan Souza Santana (PPS), mais conhecido como Soldado Gilvan, vai a júri popular por determinação do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O político é acusado de homicídio qualificado e fraude processual pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA).

O júri estava marcado para o dia 13 de agosto, mas, em despacho publicado no Diário da Justiça dessa segunda-feira (20), o juiz Valnei Mota Alves de Souza determinou a antecipação do julgamento. De acordo com o magistrado, o processo é “prioritário”. “Verifique-se a possibilidade de antecipação da Sessão com a troca de alguma outra eventualmente já designada, desde que não haja prejuízo ao Erário”, diz o juiz no despacho.

Soldado Gilvan é acusado de matar, no dia 6 de maio de 2008, o adolescente Bismarques Ribeiro Oliveira, 17, no bairro Km 3. No dia do crime, por volta das 3h, Bismarque, que já tinha passagens pela polícia por assalto à mão armada, estava com cerca de dez amigos num bar quando chegou ao local outro grupo rival de cinco jovens. Uma briga generalizada se iniciou. As informações são do Jornal CORREIO.

De acordo com testemunhas, os adolescentes dos dois lados envolvidos na confusão não estavam armados e jogavam pedras uns nos outros, quando se dispersaram após a chegada de uma guarnição da Polícia Militar.

Bismarque e um amigo chamado Elias Abraão, 17, o “Nego Dum”, também com passagens por assalto à mão armada, correram para uma casa no bairro, onde os soldados Gilvan e Luciano Damasceno os encontraram.

O MP-BA afirma que Gilvan invadiu a casa e disparou três vezes contra o adolescente. Dois tiros atingiram o chão e um o abdômen do jovem. Ele foi socorrido ao Hospital Geral Prado Valadares, mas morreu uma hora depois.

Os policiais registraram no boletim de ocorrência que agiram em legítima defesa em decorrência de uma suposta troca de tiros. Eles apresentaram na delegacia o outro adolescente e uma espingarda de fabricação caseira e um revólver calibre 32. Entretanto, no entendimento do MP-BA, a arma foi plantada pelo soldado Gilvan, o que caracteriza fraude processual. 
Por: Bahia.Ba

Divulgação de fake news por políticos pode ocasionar cassação de mandato

Jefferson Rudy/Agência Senado
O secretário-geral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Carlos Frazão, afirmou que a lei brasileira permite a cassação de mandato ou se for comprovado envolvimento do político na disseminação de informações falsas, as chamadas fake news. Ele participou de seminário organizado em junho pela Câmara dos Deputados para discutir boas práticas e condutas de agentes públicos em ano eleitoral.

“A partir do momento que se descubra que o político contratou serviço de produção industrial de notícias fraudulentas, uso de boots, para divulgar esses conteúdos, ele pode ser punido. Se ficar devidamente comprovado, nos autos, a existência disso, é possível utilizar a Lei Complementar 64/90 e proceder à cassação de seu mandato. E aí consequentemente, nos termos da legislação, far-se-ão novas eleições”, explicou.

Carlos Frazão informou que o TSE vai fazer o controle de conteúdo de informações falsas, como já vem fazendo com as notícias reconhecidamente inverídicas. Nesse sentido, ele citou a recente decisão do ministro do TSE Sérgio Banhos que determinou a retirada do ar de notícias apontadas como falsas sobre a presidenciável Marina Silva, da Rede.

Cautela

Sobre condutas vedadas a agentes públicos, Rafael do Valle, que dirige o Departamento Eleitoral da Advocacia-Geral da União (AGU), lembrou de dúvida de uma funcionária sobre o uso da máquina pública para campanha.

“Em uma palestra, ela levantou a mão e falou: ‘OK, entendi que a gente não pode usar, por exemplo, um computador dentro da repartição para divulgar e fazer campanha de um candidato. Mas eu posso utilizar a rede wi-fi do celular do ministério para fazer campanha’”, relatou Valle o questionamento da servidora. “Em resposta, dei uma risada e falei que recomendo o uso do 3G porque a gente tem de ser bastante cauteloso, temos de ter em mente que não podemos utilizar a máquina pública em nenhuma das esferas”, acrescentou ele.

Opiniões

Já Humberto de Medeiros, vice-procurador-geral Eleitoral do Ministério Público Federal, destacou que os candidatos têm o direito de expor suas opiniões durante o período pré-eleitoral.

"É possível a propagação de atos parlamentares e debates legislativos desde que não se faça a pedido de votos, assim como também é possível a divulgação de posicionamento pessoal sobre questões políticas, inclusive nas redes sociais”, informou.

O TSE firmou em junho um acordo com o Facebook e o Google contra a disseminação de notícias falsas nas próximas eleições. No documento, as empresas se comprometem a combater a desinformação gerada por terceiros.
Fonte: Agência Câmara

Deputado defende regulação de plataformas digitais para lidar com 'fake news'

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Na 13ª Conferência Legislativa sobre Liberdade de Expressão, o fortalecimento do jornalismo profissional responsável também foi apontado como forma de lidar com o cenário de desinformação

Secretário de Participação Social, Interação e Mídias Digitais da Câmara, o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) defendeu a regulação de plataformas digitais como forma de lidar com fake news. Segundo o parlamentar a regulação deve garantir, por exemplo, a privacidade dos usuários e deve impedir conteúdos impróprios, como discursos de ódio. Ele ressaltou que a regulação nesse sentido vem sendo feita em países da Europa.

Orlando Silva participou da 13ª Conferência Legislativa sobre Liberdade de Expressão nesta terça-feira (21) na Câmara dos Deputados. O evento foi promovido pelo Instituto Palavra Aberta e pela Associação Nacional de Jornais (ANJ). Representantes dessas instituições defenderam o fortalecimento do jornalismo profissional como antídoto para o atual cenário de desinformação.

Na visão do presidente da ANJ, Marcelo Rech, nunca a defesa da liberdade de expressão e de imprensa foi tão relevante no País. Ele lembrou que há cerca de um mês houve censura de ministro do Supremo Tribunal Federal à revista Crusoé, além de ser um momento de muitas agressões a jornalistas e veículos. “Há uma progressiva sofisticação dos métodos de tolher a liberdade de expressão”, ressaltou. Ele chamou atenção para o linchamento virtual contra vozes dissonantes.

Vedação ao anonimato

Para lidar com esse cenário, Rech defende não apenas o fortalecimento da imprensa profissional, como o cumprimento integral da Constituição, segundo a qual é livre a manifestação de pensamento, sendo vedado o anonimato. “Se a legislação fosse cumprida, os robôs nas redes sociais seriam eliminados”, observou.

Ele acrescentou que alguns países têm optado por aprovar legislações restritivas a redes sociais, como aconteceu na Alemanha e na Austrália. “Mas em países em que a democracia ainda não é consolidada, como no Brasil, é complicado abrir portas para o controle da informação”, avaliou.

Assimetria regulatória

Já na visão do presidente do presidente da Associação Brasileira de Empresas de Rádio e TV (Abert), Paulo Tonet, há assimetria regulatória entre “empresas que se dizem de tecnologia e vendem informações” e os veículos de rádio e TV. “Somos responsáveis pelo conteúdo que distribuímos e nada mais justo que nosso concorrente também o seja”, opinou. Tonet ressalta que, quando um veículo profissional erra, quem se sente lesado pode exigir judicialmente a reparação.

O jornalista Fernando Rodrigues, do site Poder 360, por sua vez, acredita que empresas como Facebook e Google querem ser vistas como empresas de tecnologia, embora tenham entrado no mercado de comunicação. “Elas não têm as mesmas responsabilidades que as empresas de comunicação e precisam ter”, concordou. Ele avalia ainda que é preciso fornecer mecanismos para que os usuários diferenciem veículos que praticam jornalismo profissional de outros sites, sendo de fato vedado o anonimato.

Por outro lado, o deputado Marcel Van Hattem (Novo-RS) chamou atenção para dados de pesquisa do instituto Datafolha do ano passado, segundo os quais 37% dos brasileiros não confiam na imprensa. Para recuperar a credibilidade, o parlamentar defende mais responsabilidade por parte dos veículos.

Criminalização de notícias falsas

Presidente executiva do Instituto Palavra Aberta, Patrícia Blanco destacou que diversos projetos de lei em tramitação na Câmara (PL 6812/17 e apensados) visam criminalizar as notícias falsas, mas ela não considera a saída adequada. “Na medida em que você criminaliza algo que você não sabe o que é, você acaba atingindo a própria liberdade de expressão e de imprensa. O que é notícia falsa? O que é uma notícia fraudulenta?”, questionou.

Para ela, além do fortalecimento da imprensa profissional, a educação de professores e alunos para interpretar a mídia é a saída para lidar com o cenário de notícias falsas.
Fonte: Agência Câmara

Prefeitura de Ipiaú promove I feira da Agricultura Familiar na próxima semana

Foto: Divulgação/Dircom Prefeitura de Ipiaú
Na manhã do próximo dia 29 de maio (quarta-feira), acontecerá na Praça Alberto Pinto, em frente ao prédio da Câmara de Vereadores, a I Feira Agro Familiar de Ipiaú. Um evento promovido pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (Seama), com o objetivo de incentivar o agricultor familiar a produzir e comercializar produtos orgânicos de alta qualidade e garantir ao consumidor uma alimentação saudável, inteiramente livre de agrotóxicos. Na oportunidade, serão utilizadas barracas padronizadas doadas ao município pela Secretaria Estadual do Desenvolvimento Rural (SDR).

O Secretário Municipal da Agricultura e Meio Ambiente, Elvidio Antonio Bino, informa que as mercadorias a serem comercializadas são gêneros hortifrutigranjeiros cultivados por membros das associações de agricultores familiares das regiões do Braço Pequeno, Bom Sem Farinha, Fazenda do Povo e Córrego de Pedras, dentre outras que atuam na Zona Rural de Ipiaú, assim como produtores individuais. 

“A ideia é de que possamos realizar a cada quinzena uma edição dessa feira que promete tornar-se uma tradição na cidade”, destaca o secretário. Bino salienta que nesta   primeira edição, a Feira Agro Familiar trará, dentre outros gêneros, produtos utilizados na culinária típica do período junino, a exemplo do milho verde e do amendoim que estão experimentando um bom desenvolvimento neste período chuvoso. (José Américo Castro/ Dircom Prefeitura)

Políticos querem intervenção de Guedes na crise, segundo coluna

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Responsável pela principal agenda do governo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, virou alvo de críticas de parlamentares, de acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo.

Segundo o jornal, deputados acusam o ministro de ser “omisso” diante da atual crise política. Líderes de partidos dizem que ele poderia fazer Jair Bolsonaro repensar a relação com o Congresso por ser o maior entusiasta da reforma da Previdência, mas prefere se manter alheio ao impasse. O grupo de insatisfeitos já mandou recado ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), aliado do economista.

Cobrança exagerada

Ainda conforme a coluna, um interlocutor diz que é “desumano” cobrar a entrada de Guedes na zona de guerra e que ele tem investido no diálogo com o Congresso. O ministro não poderia, entretanto, invadir a articulação política. Já parlamentares alertam que, disparar contra o centrão, como faz o presidente, corrói a base que ele precisa para aprovar a reforma.

Segundo um grande gestor de fundos, os investidores acreditam que hoje as novas regras de aposentadoria têm mais chances de passar do que há uma semana, antes do acirramento da crise com o Legislativo.
Por: Bahia.Ba

Trump: Irã receberá reação de "grande força" se atentar contra os EUA

Isac Nóbrega/PR
O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, afirmou, nessa segunda-feira (20), que o Irã enfrentará uma reação de "grande força" caso faça algo que vá contra os interesses norte-americanos no Oriente Médio. Acrescentou que Teerã tem sido muito hostil em relação a Washington.

O presidente norte-americano disse a repórteres que está disposto a negociar com o Irã "quando eles estiverem prontos", mas que agora não há discussões em andamento.

As declarações de Trump foram dadas apesar de pressões de Teerã para que os EUA tratem a República Islâmica com respeito, e não com ameaças de guerra, em resposta a comentários feitos pelo líder norte-americano no domingo (19), que ampliaram as preocupações quanto a um possível conflito entre os dois países.

"Com o Irã, veremos o que acontece", disse Trump. "Mas eles têm sido muito hostis. Eles realmente têm sido os provocadores número 1 do terror."

"Acho que o Irã estará cometendo um grande erro se fizer algo. Se fizer alguma coisa, receberá uma reação de grande força, mas não temos indicações de que eles farão", disse. "Não teremos escolhas", completou.

Trump alertou os líderes iranianos que não telefonem para conversas, a não ser que estejam preparados para negociar.

Por Steve Holland e Eric Beech, da Reuters  Washington

Caixa começa a chamar candidatos aprovados no concurso de 2014

Os aprovados começam a ser chamados a partir de 3 de junho - José Cruz/Agência Brasil
Os candidatos aprovados no concurso da Caixa realizado em 2014 começam a ser chamados a partir do dia 3 de junho deste ano. De acordo com o banco, a convocação será feita conforme a necessidade e estratégia da instituição financeira.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que as contratações têm por objetivo o fortalecimento da rede de agências, valorizando o atendimento aos clientes.

“É importante focar em colocar as pessoas na rede, que é o principal contato da Caixa com os mais de 93 milhões de clientes que temos”.

PDV

Nessa segunda-feira (20), o banco colocou em execução o Programa de Desligamento de Empregado. O prazo para adesão dos funcionários interessados é até 7 de junho.
Por Agência Brasil  Brasília

segunda-feira, 20 de maio de 2019

Fernando Gomes anuncia aposentadoria da politica

Fernando Gomes anuncia aposentadoria || Foto Waldir Gomes
O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (sem partido), disse, nesta segunda-feira, que vai se aposentar da política. O ano derradeiro deve ser 2020. Gomes – que governa o município pela quinta vez – afirmou que já fez o que poderia realizar e está em busca de uma “paz política”. Entrar em novo partido para fechar a carreira também não está nos planos do prefeito.

“Eu não vou me filiar a mais nada não. Minha paz termina agora, ano que vem. Não tenho mais condição. Minha parte já fiz”, avaliou. Em relação às eleições de 2020, Gomes declarou que vai esperar o andamento da política para decidir se apoia um candidato para a prefeitura de Itabuna. “Não sei ainda. Tô (sic) ainda para decidir. Isso só a partir de janeiro”, disse.

Fernando Gomes disse ainda que continua aliado do governador Rui Costa e que “cortou” amizade com o prefeito de Salvador, ACM Neto. O gestor itabunense participou nesta segunda de uma sessão especial na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) sobre a reforma da previdência.Do Bahia Notícias.

Trio suspeito de cometer chacina em Portão é localizado

Foto: Divulgação SSP
Armamento encontrado com resistentes é o mesmo utilizado na ação criminosa que deixou cinco mortos e dois feridos.
Três homens acusados de participação na morte de cinco pessoas, homicídio múltiplo ocorrido na noite de sábado (17), em Portão, Lauro de Freitas, foram encontrados  no final da tarde de hoje (18), na localidade conhecida como Lagoa dos Patos, também na RMS.

Com Robson Rodrigues dos Santos e outros dois homens ainda não identificados foram encontrados duas pistolas calibres 9mm, mesmo tipo de arma utilizada nas mortes, e um revólver calibre 38. Exames balísticos serão realizados com o objetivo de confirmar a autoria das mortes.

Equipes da 52a Companhia Independente da Polícia Militar e da Rondesp RMS  intensificavam o policiamento na região desde o crime e, atendendo a uma denúncia, encontraram o trio, que reagiu à abordagem. Atingidos, os suspeitos foram  socorridos, mas não resistiram.

Investigações preliminares dão conta de que as mortes  estão relacionadas à disputa pelo tráfico em Portão. De acordo com os policiais,  no momento da abordagem, o trio comemorava as mortes ocorridas no dia anterior.
O caso é investigado pela 34ª Delegacia Territorial e pela Delegacia de Homicídios Múltiplos.

Fonte: Ascom/Kelly Hosana

Rondesp Atlântico apreende espingarda, pistola e drogas

Flagrantes aconteceram no sábado e domingo, nos bairros de Pituaçu e Federação. Dois criminosos foram identificados. 
O trabalho de rotina da Rondesp Atlântico contabilizou mais dois flagrantes com apreensões de armas e drogas, em Salvador. Os casos ocorreram no final de semana nos bairros de Pituaçu e Federação.  

O flagrante mais recente aconteceu na tarde de domingo (19), na localidade Alto do Sobradinho, na área da Federação. O Centro Integrado de Comunicações (Cicom) repassou a denúncia de cinco homens armados no local. Com a chegada dos PMs houve confronto e um dos traficantes acabou ferido. Ele foi socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu.  

Com o criminoso e os outros comparsas que escaparam foram apreendidos uma pistola, carregador, munições, 1,5 kg de maconha, 99 pedras de crack, 10 pinos de cocaína e R$ 30 reais. No confronto, um oficial da Rondesp Atlântico foi atingido, mas o colete não permitiu a passagem do projetil. O militar não ficou ferido.

Pituaçu No sábado, na localidade denominada Alto do São João, em Pituaçu, Orla de Salvador, um grupo vendia drogas quando equipes da Rondesp Atlântico chegaram. Apesar da tentativa de fuga, João Carlos Sacramento dos Santos, 19 anos, o 'Bitequinho', terminou alcançado. 

Com o traficante os militares encontraram uma espingarda calibre 28, munições, 22 porções de cocaína, uma balança, embalagens plásticas, um celular e R$ 20. O caso foi registrado na Central de Flagrantes. "Importante a população confiar na polícia e denunciar de forma anônima. Vamos até o local a qualquer hora. Para os criminosos, deixamos o recado de que o melhor caminho é se entregar e não revidar", avisou o comandante da Rondesp Atlântico, major Edmundo Assemany.
Fonte: Ascom | Alberto Maraux

Líder de facção sai armado na condicional e acaba preso

Foto: Divulgação SSP
Jadson Silva Soares, o 'Americano', é envolvido com tráfico, homicídios, roubos e corrupção de menores.
Patrulhamento de rotina da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Nordeste, na manhã deste domingo (18), na cidade de Tucano, localizou Jadson Silva Soares, o 'Americano'. O criminoso, que estava cumprindo pena no presídio de Paulo Afonso e ganhou a liberdade através de condicional, foi flagrado armado.

Os militares receberam a denúncia de homem armado na Pousada San Filé, às margens da BR-116, e foram apurar. No local, Americano foi cercado e se entregou. O traficante de drogas tem envolvimento também com homicídios, roubos e corrupção de menores na cidade de Tucano.

Com ele foram apreendidos uma pistola calibre 40, carregador, munições, celulares e uma corrente. "Trabalho preventivo conquistando mais um grande resultado. Diariamente espalhamos as equipes pela região e, desta vez, capturamos um dos mais perigosos da área", comemorou o major Wellington Morais, comandante da Cipe Nordeste.

Fonte: Ascom/Alberto Maraux